Técnicas de Leitura e Compreensão de textos em Língua inglesa – InfoEscola

Apesar de o inglês ser a língua oficial do mercado internacional, que todo falante deve saber como usá-lo se você quiser ser bem aceito (e pagos) no mercado de trabalho, e é para ser matéria obrigatória no currículo das escolas brasileiras, a maior parte dos alunos, especialmente para aqueles que ainda não participaram de escolas de idiomas, eles têm dificuldade em compreender um texto em língua estrangeira. Para contornar esta situação, existem técnicas que facilitam a compreensão de um texto em qualquer idioma.

De acordo com Tony Randall, em seu artigo ?Como melhorar o seu vocabulário? (Como melhorar o seu vocabulário), o inglês é uma língua com o maior vocabulário: mais de um milhão de palavras. Falar, no entanto, um adulto normal precisa de apenas 30.000 a 60.000 deles. Não é tão difícil assim.

O primeiro passo para entender um texto em outro idioma é observar toda sua estrutura: títulos, subtítulos, pistas tipográficas ? datas, números, gráficos, figuras, imagens, palavras em negrito ou itálico, cabeçalhos, referências, reticências… Essas informações, uma parte dos quais não-lineares, complementar as informações contidas no texto, e observado com antecedência, de modo que, se você tem uma ideia melhor sobre o assunto em questão. Essa técnica chamamos de inferência (inferir) ? ?palpite? qual é o assunto do texto através de uma leitura rápida (SKIMMING). É importante destacar, também, as questões referentes ao texto, assim você pode ter uma noção do que será cobrado na leitura e, sabendo isto de antemão, que vai ser mais fácil e prático para filtrar as informações dentro do texto.

O segundo passo é uma leitura minuciosa do texto à procura de informações específicas. Essa técnica é chamada de digitalização, o qual consiste na busca de informações detalhadas, sem que seja necessário fazer uma leitura de todo o texto. É, normalmente, feita de forma top down (de cima para baixo). Enquanto no skimming, o leitor leva tudo em conta para a compreensão do texto, na digitalização em rejeitar os elementos que são periféricos à vara para a seleção de informações importantes para resolver os fins que a levou para a leitura.

O terceiro passo é uma leitura mais cuidadosa, levando-se em conta tanto os cognatos como falsos cognatos. Se você encontrar uma palavra que você não sabe o significado, não se referem ao dicionário, porque às vezes ele tem vários significados e você corre o risco de fazer uma escolha errada. O contexto em si fará com que não inferir seu significado. Não se prenda à tradução palavra-por-palavra, mas o mais importante é a compreensão geral do texto.

Quando você levar em conta essas técnicas, o leitor vai evitar muitas dores de cabeça (cabeça? cabeça/dores?a dor). Com a prática, a leitura e a compreensão de um texto em língua inglesa não será mais um ?bicho-papão? no vestibular. Muitas vezes o vestibulando não optar pelo Idioma inglês, que estudou durante toda a sua vida escolar, para prestar o vestibular em Língua espanhola, pelo simples fato de ser semelhante ao português. Aplicando essas técnicas, por conseguinte, o vestibulando vai se sentir muito mais segura quando confrontados com um texto em Língua inglesa.

Técnicas de Leitura e Compreensão de textos em Língua inglesa – InfoEscola
Classifique esse artigo

Deixe um comentário