Música Clássica – InfoEscola

A Música erudita ou clássica é bastante difícil de definir. De uma forma mais geral, pode-se afirmar que ela abrange todas as formas de música permitido nas academias de ginástica, pesquisadas e interpretadas no núcleo das convenções e dos cânones previamente estabelecidas pelos historiadores da música.

Dicionários de música também são mais susceptíveis de disseminar a outra noção de esta expressão, que ela tem o sentido de música séria, em oposição à música popular, folk e jazz. Mas não há muito sentido nessa idéia, porque qualquer música pode ser austera, e não precisam, portanto, ser clássica para fazer isso.

Outra concepção é restrito ao que é chamado de música clássica, definindo-a como uma estrutura que é esteticamente distintivo, harmonioso, objetiva e rigorosa, ausente de informalidades, o excesso de emoções e da alma humana, típica das canções nascidas durante o Romantismo. Mas aí reside um problema de difícil resolução, que músicos como Beethoven e Schubert têm características românticas em suas composições, e seria impossível para excluí-los do quadro de canções clássicas somente por este motivo.

Ler mais

Polissíndeto – InfoEscola

Polissíndeto e assíndeto têm características opostas. Enquanto assíndeto é a figura de linguagem que omite conectivos entre as orações que estão em sequência, polissíndeto é a figura que consiste em repetir os conectivos entre as orações que estão dispostas em seqüência.

Observe estes exemplos:

?Se era noivo, se era virgem,
Se era alegre, se era bom,
Eu não sei.
É tarde para saber?. (Carlos Drummond de Andrade)

?Há dois dias meu telefone não fala, nem ouve, nem tocar, nem tuge, ou muge?. (Rubem Braga)

Nos versos de Drummond, para ver que houve a repetição da conjunção ?se?; na declaração de Rubem Braga, o que se repete é o conjunto ?nem mesmo? muito criativo e cômico para dizer que o telefone não funciona de forma alguma.

Ler mais

Polissíndeto – InfoEscola

Polissíndeto e assíndeto têm características opostas. Enquanto assíndeto é a figura de linguagem que omite conectivos entre as orações que estão em sequência, polissíndeto é a figura que consiste em repetir os conectivos entre as orações que estão dispostas em seqüência.

Observe estes exemplos:

?Se era noivo, se era virgem,
Se era alegre, se era bom,
Eu não sei.
É tarde para saber?. (Carlos Drummond de Andrade)

?Há dois dias meu telefone não fala, nem ouve, nem tocar, nem tuge, ou muge?. (Rubem Braga)

Nos versos de Drummond, para ver que houve a repetição da conjunção ?se?; na declaração de Rubem Braga, o que se repete é o conjunto ?nem mesmo? muito criativo e cômico para dizer que o telefone não funciona de forma alguma.

Ler mais

População da Região Sudeste do Brasil – dados, resumo

Região Sudeste: concentração populacional nas cidades

Região Sudeste: concentração populacional nas cidades

 

População do Sudeste

– População total: 86,93 milhões de habitantes (estimativa 2017 – IBGE)

 

– População por estados: São Paulo (45.094.866); Minas Gerais (21.119.536); Rio de Janeiro (16.718.956) e Espirito Santo (4.016.356) – Estimativas 2017 (IBGE).

 

– Densidade demográfica: 94,01 habitantes por km² (estimativa 2017).

 

– Taxa de fecundidade: 1,61 filhos/mulher (ano de 2015)

 

– Esperança de vida ao nascer: 76,8 anos (ano de 2015)

 

– Mortalidade infantil: 11,1 óbitos por mil nascidos vivos. (ano de 2015)

 

Características principais e outras informações demográficas:

 

– Forte concentração populacional em grandes cidades.

 

– Elevado índice de urbanização.

 

– Presença de regiões metropolitanas com alta concentração populacional e urbanização. Principais: Região Metropolitana de São Paulo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro e Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Ler mais

Ablaquear – Dicionário Online de Português

Ablaquear   Dicionário Online de Português

Compartilhar

ablaquear

Significado de Ablaquear

verbo transitivo direto [Agricultura] Escavar em torno de (certas plantas), com o fim de que a raiz recebe a água da chuva ou da irrigação, ou seja exposto à ação do ar e da luz.Etimologia (origem da palavra ablaquear). Do latim ablaqueare.

Definição de Ablaquear

Classe gramatical: verbo transitivo direto Tipo do verbo ablaquear: regular Separação silábica: a-bla-que-ar

ablaquear

Outras informações sobre o artigo

Possui 9 letras possui as vogais: a e u Possui as consoantes: b l q r O verbo escrito ao contrário: raeuqalba

Conjugação do verbo ablaquear

Tipo do Verbo: regular

Ler mais

Encerradas as inscrições para o ProUni 2013.2 | infoEnem

Encerradas as inscrições para o ProUni 2013.2

As 23h59 desta quinta-feira, 27 de junho, a segunda edição de 2013 do ProUni (Programa Universidade para Todos) teve seu período de inscrições encerrado.

A previsão inicial era que o prazo terminasse na última terça-feira (25), porém como o número de candidatos e inscrições estava abaixo da expectativa do Ministério da Educação (MEC), o prazo foi prorrogado até a noite de ontem (leia a matéria completa).

Hoje pela manhã o MEC divulgou balanço com os números desta edição. No total, foram registradas 844.864 inscrições de 436.941 candidatos a bolsas. Mesmo com a extensão das inscrições, que permaneceram abertas durante 7 dias, o segundo ProUni de 2013 teve participação inferior a segunda edição de 2012, que contou com 456.973

Ler mais

Guerrilha do Araguaia – resumo, mapa e consequências – Toda Matéria

Guerrilha do Araguaia   resumo, mapa e consequências   Toda Matéria

A Guerrilha do Araguaia foi um combate entre guerrilheiros comunistas e as Forças Armadas brasileiras.

A luta ocorreu no norte do atual estado do Tocantins, entre 1972 e 1974.

Contexto Histórico

Durante o Governo Médici (1969-1974), a ditadura militar brasileira viveuo auge da repressão aos seus opositores. As forças da ordem efetuavam prisões e com as informações obtidas mutas vezes sob tortura, desarticulavam organizações de esquerda que planejavam acabar com a ditadura militar.

Por sua vez, os grupos comunistas defendiam várias maneiras de tentar derrubar o governo. Uns apostavam pelas ações urbanas com passeatas; e outros sequestravam diplomáticos na esperança de chamar a atenção da população para sua causa.

Por fim, havia aqueles inspirados pela resistência dos vietnamitas na Guerra do Vietnã ou pela ação de

Ler mais

Ablaqueação – Dicionário Online de Português

Ablaqueação   Dicionário Online de Português

Compartilhar

ablaqueação

Significado de Ablaqueação

substantivo feminino ato ou efeito de ablaquear.Etimologia (origem da palavra ablaqueação). Do latim ablaqueatione.

Definição de Ablaqueação

Classe gramatical: substantivo feminino Separação silábica: a-bla-que-a-ção Plural: ablaqueações

ablaqueação

Outras informações sobre a palavra

Possui 11 letras possui as vogais: a e u Possui as consoantes: b c l q A palavra escrita ao contrário: oãçaeuqalba

Rimas com ablaqueação

  • individuação
  • a invenção
  • corrimão
  • projeto
  • cartilha
  • investigação
  • desaparecimento
  • monção
  • podridão

    Ler mais

Os Textos Motivadores na Redação do ENEM | infoEnem

Os Textos Motivadores na Redação do ENEM

imagem22-01-2018-16-01-30Toda proposta de redação em exames e vestibulares é composta por, além do tema e das instruções, um conjunto de textos (que podem ser verbais e não verbais, como charges, tirinhas, gráficos, infográficos, mapas, fotos, figuras em geral etc), o qual chamamos, popularmente, de coletânea textual. Apesar desta semelhança, cada prova possui o seu conceito sobre este aspecto: há vestibulares que orientam que os candidatos façam uso destes textos e eles ficam sujeitos a descontos na nota final caso não utilizem dados, informações, exemplos, dentre outros, da coletânea que acompanha a proposta e este uso, por sua vez, também é específico, ou seja, determinado pela avaliação ? normalmente, não é recomendada a cópia generalizada em qualquer situação. Em outros casos, como o do ENEM, a coletânea recebe um outro nome, o que já nos diz algo sobre sua função na proposta de redação: textos motivadores.

Ler mais

Frevo: origem, características e tipos da dança – Toda Matéria

Frevo: origem, características e tipos da dança   Toda Matéria

O frevo é uma dança folclórica típica do carnaval de rua. É uma das principais danças tradicionais brasileiras e uma das manifestações culturais mais conhecidas na região nordeste do Brasil. Merece destaque o carnaval pernambucano sobretudo, das cidades de Olinda e Recife.

Imagem de dançarinos a dançar frevo

Grupo de Frevo

Essa dança popular foi reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 2007.

Em 2012, o frevo foi incluído na Lista Representativa do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas (Unesco).

Origem e História

O frevo tem origem no século XIX em Recife, Pernambuco, onde surgiu da rivalidade entre as bandas militares e os escravos que tinham se tornado livres.

Ler mais