Significado de Livre Arbítrio   O que é, Conceito e Definição

O significado do Livre arbítrio – que é, Conceito e Definição

O livre arbítrio é o poder que cada indivíduo tem de escolher suas ações, o caminho que você deseja seguir. A expressão é usada por diversas religiões, como o cristianismo, espiritismo, budismo, etc.

O real significado do livre arbítrio tem sentidos religiosos, psicológicos, morais e científicos. Para algumas pessoas, o livre arbítrio significa ter a liberdade, e muitas vezes confundida com desrespeito e falta de educação.

Cada um realmente tem o direito de fazer o que quiser com a sua vida e escolher qual caminho você quer seguir, desde que não prejudique ninguém.

O livre arbítrio na Bíblia

A expressão “livre arbítrio” não está na Bíblia, no entanto, em diversas passagens, podemos ver que Deus dá o poder de escolha para o ser humano.

De acordo com a Bíblia, a vontade de Deus é que as pessoas sigam os seus mandamentos e fazer coisas boas. Também é possível ver na Bíblia que cada pessoa irá dar conta de como usar o livre-arbítrio, ou vai ser responsável por seus atos.

Além disso, a Bíblia fala da predestinação, onde algumas pessoas são escolhidos antes mesmo de nascerem, e está predestinada a seguir o caminho de Deus.

Para algumas pessoas isso é um conflito, porque eles dizem que se uma pessoa foi predestinado para fazer algo, você não tem vontade própria. Apesar disso, a Bíblia diz que, apesar de ter escolhido algumas pessoas, isso não interferir com o seu livre-arbítrio, a escolha da pessoa é livre, mas Deus sabe de antemão o que a pessoa vai escolher.

O livre arbítrio e Santo Agostinho

O livre arbítrio (De Libero Arbitrio) foi um trabalho de autoria de Santo Agostinho. Este livro, que tem uma data de 395, foi escrito em forma de diálogo do autor com seu amigo Evódio. Neste trabalho, Santo Agostinho elaborar algumas teses sobre a liberdade humana e aborda a origem do mal moral. Muitas vezes a expressão livre-arbítrio, tem o mesmo significado que a expressão liberdade. No entanto, Santo Agostinho diferenciados claramente estes dois conceitos. O livre arbítrio é a capacidade de escolher entre o bem e o mal; enquanto a liberdade é o bom uso do livre arbítrio. Isso significa que nem sempre o homem é livre quando colocar em uso o livre arbítrio, depende sempre de como utilizar este recurso. Assim, o livre arbítrio está mais relacionado com a vontade. No entanto, uma distinção entre as duas é que a vontade é um ato ou ação, enquanto que o livre arbítrio é uma faculdade.

O livre-arbítrio no Espiritismo

De acordo com o Espiritismo, livre-arbítrio é uma das propriedades fundamentais do Espírito. Consiste na liberdade de fazer ou não fazer algo, seguir um determinado caminho ou para evitá-lo.

O Espiritismo não é uma crença de que os atos praticados não foram pré-determinado, de modo que cada pessoa é responsável por suas escolhas. Desta forma, a agência é desenvolvido juntamente com o desenvolvimento da inteligência, e implica um aumento na prestação de contas de seus atos.

O livre arbítrio na Filosofia

No âmbito da filosofia, o livre arbítrio é oposição ao determinismo, que defende que todos os eventos são causados pelos fatos acima. Para o determinismo, as ações do Homem são determinados pelas leis da natureza ou outras causas, por que não o ser humano não pode ser responsabilizado por seus atos.

Para a filosofia, o indivíduo é exatamente o que você tinha que fazer, seus atos são inerentes à sua vontade, e ocorre com a força de outras causas, internas ou externas.

O significado do Livre arbítrio – que é, Conceito e Definição
Classifique esse artigo

Deixe um comentário