Dieta para mulheres Grávidas – InfoEscola

A idade gestacional é contada em semanas, e pode ser dividido em três trimestres: o 1º trimestre, com 12 semanas, o 2º trimestre estende-se a partir de 13° a 27° semana e o 3º trimestre ocorre no dia 28 de semana até o final da gravidez.

Apesar do que muitas pessoas pensam, durante a gestação, a mãe não precisa de comer o dobro da comida para permitir um bom crescimento do bebê. Muitas vezes é dito que as mulheres grávidas devem ?comer por dois?, ignorando as perdas do ganho excessivo de peso para a saúde da mãe e da criança.

Algumas implicações de um poder exagerado na gravidez é o aumento da dor nas costas e nas pernas pela sobrecarga de peso, azia , devido à compressão do estômago pelo útero, aparecimento de varizes, o aparecimento de estrias , e fadiga.

Durante o período de gravidez, não deve fazer uma dieta restritiva para perder peso, pois a falta de nutrientes em quantidades necessárias, pode gerar um grave comprometimento no desenvolvimento do bebê. Grávidas, mulheres que estão acima do peso deve apenas evitar o hype, especialmente doces, biscoitos, chocolates, refrigerantes e frituras, e deve substituir os doces por frutas e sucos naturais. Vale lembrar que a ingestão de água durante o dia é essencial para o bom funcionamento do corpo.

O aumento de energia durante a gravidez deve ser apenas 300 kcal por dia para os 2º e 3º trimestres, não sendo necessário o aumento no 1º trimestre. Seguindo este padrão, é esperado que a futura mamãe ganhe entre 10 e 15 kg, até um máximo de 9 meses.

Durante a gravidez, o mais importante, os nutrientes são: proteínas, vitamina C, ácido fólico, vitamina D, ferro e cálcio. Evite o uso excessivo de sal, o que pode causar retenção de líquidos e, consequentemente, o inchaço e a hipertensão. Fique longe do álcool, do cigarro e das drogas, porque eles são de substâncias prejudiciais para o organismo da mãe e o feto. A alimentação deve ser dividida em pelo menos 6 vezes ao dia, de modo que você pode aliviar as náuseas e vômitos, geralmente, presentes durante a gravidez. Mastigar os alimentos corretamente e comer em ambientes que são pacíficos, porque, assim, ajuda o processo de digestão. Evitar deitar-se em posição reclinada depois da alimentação, pois esta posição favorece a náusea e doença é comum na gravidez.

Outro problema comum durante a gravidez é a constipação, mas pode ser aliviada com o aumento na ingestão de fibras, frutas, como mamão, ameixa, uva, (fresco ou passa), e frutas cítricas, levando, assim, o funcionamento normal do intestino durante toda a gravidez.

Dieta para mulheres Grávidas – InfoEscola
Classifique esse artigo

Deixe um comentário