Teste Vocacional – O que é e para que serve

Se você é um estudante pré-vestibular e ainda não sabe o que cursar ou mesmo está tentando mudar de profissão porque a atual não lhe satisfaz, o teste vocacional pode lhe proporcionar uma direção.

Veja também outros artigos relacionados à Curiosidades.

O que é o teste vocacional

O teste vocacional pode ser definido como um termo geral para o processo de identificação e avaliação do nível de funcionamento de um indivíduo em relação à preparação vocacional e à tomada de decisões no emprego. O objetivo da avaliação vocacional é:

  • Planejar um curso de ação
  • Aprimorar o auto-conhecimento e as habilidades de tomada de decisão vocacional
  • Prever resultados de emprego realistas que resultem na reabilitação vocacional de sucesso

Uma avaliação vocacional é usada para analisar as habilidades e experiências atuais de um indivíduo, estabelecer metas vocacionais e descrever as possíveis opções de trabalho.

A avaliação leva em consideração a capacidade funcional e de trabalho do indivíduo e identifica habilidades transferíveis. Também inclui uma avaliação da informação do mercado de trabalho.

Um relatório detalhado descreve as opções vocacionais da pessoa, as necessidades de reciclagem e uma análise do mercado de trabalho.

Uma avaliação vocacional pode ajudar:

Retorno ao trabalho – trabalhadores feridos que procuram retornar à força de trabalho
Recrutamento e colocação de emprego – para determinar o melhor ajuste para posicionamentos
Carreiras – avaliação profissional e recomendações para pessoas inseguras da sua próxima jogada de carreira.
Nossas avaliações de suporte ao emprego especializado e serviços de intervenção são especificamente projetados para ajudar os Provedores de Serviços de Emprego e os candidatos a emprego a participar nos programas de Serviços de Emprego.

Resultado esperado

Uma avaliação vocacional identifica e recomenda metas vocacionais para ajudar as pessoas a encontrar ou retornar a um emprego significativo.

O que você achou desse artigo? Se gostou dessa informação, compartilhe com seus amigos e nos deixe uma avaliação!
E para mais novidades não deixe de nos seguir nas redes sociais!

Imunidade Baixa – Lista de sinais

Como Fazer para Tirar Print   Como Fazer

Nós geralmente avaliamos alguns sinais como sinais de imunidade baixa erroneamente. Como unhas fracas, queda de cabelo, problemas de pele, cansaço, entre outros. Mas na verdade não é bem assim.

Veja também outros artigos relacionados à Saúde.

Esses sinais são muito vagos e pode significar uma infinidade de doenças ou complicações, e nada ter a ver com imunidade baixa.

De acordo com a média  imunologista Elisabete Blanc, do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, da UFRJ, a baixa imunidade pode ser um fator genético ou adquirido ao longo da vida, com exposição de situações que causem dificuldade ao organismo em manter um equilíbrio imunológico.

São exemplos dessas situações: alguns medicamentos, radiação, má alimentação, quimioterapia, consumo de álcool e drogas, estresse prolongado, entre outros.

Para perceber a imunidade baixa não há um exame, caso desconfie, a pessoa deve procurar um médico. E para notar sinais dessa deficiência deve-se ficar atento a repetições de várias complicações prolongadas no organismo ou repetições das mesmas, apesar de não ser certeza. Pois uma pessoa pode ter algum sintoma repetido várias vezes ou prolongadamente e a razão ser outra.

Sinais de Imunidade Baixa

Alguns sinais de pessoas com baixa imunidade são:

Existe uma elaborada para guiar o diagnóstico da baixa imunidade, criada pela Fundação Jeffery Modell e a Cruz Vermelha Americana. Segundo Elisabete, caso o paciente apresente uma dessas ocorrências, o caso já deve ser investigado.

  • Mais de um caso de pneumonia no último ano,
  • Oito ou mais otites no último ano,
  • Estomatites repetidamente ou monilíase por mais de dois meses,
  • Abscessos de repetição ou ectima,
  • Um episódio de infecção sistêmica grave: meningite, artrose ou septicemia,
  • Infecções intestinais de repetição ou diarreia crônica,
  • Asma grave, doença do colágeno ou doença autoimune,
  • Efeito adverso ao BCG e/ou infecção por micobactéria,
  • Quadro clínico associado à imunodeficiência,
  • História familiar de imunodeficiência.

O que você achou desse artigo? Se gostou dessa informação, compartilhe com seus amigos e nos deixe uma avaliação!
E para mais novidades não deixe de nos seguir nas redes sociais!

Fonte: Minha Vida

Aplicativos de Controle Remoto – Os melhores

Não tem coisa mais irritante que perder o controle remoto. Ou mesmo em esquecer de pegá-lo e só se lembrar quando já estamos acomodados no sofá ou na cama. Alguns até mesmo assistem algum programa indesejado somente pela preguiça de procurar o controle remoto que parece se esconder das pessoas. Mas agora esses problemas acabaram. Atualmente existem aplicativos de controle remoto.

Veja também outros artigos relacionados à Apps.

Esses aplicativos substituem o controle remoto da sua TV. Já existem diversos apps com esse propósito, gratuitos e alguns deles funcionam em qualquer modelo.

Fizemos uma listas com apps compatíveis com os principais modelos de TV vendidos no Brasil.

Aplicativos de Controle Remoto

Para melhor distinção, iremos separar a lista em duas: os aplicativos que funcionam como controles universais e os apps compatíveis com modelos específicos.

Universais

AnyMote Universal Remote + WiFi

Esse app aproveita o emissor intravermelho disponível em diversos modelos de televisores. Isso significa que a conexão de rede não é necessária, funcionando também com modelos mais antigos. Oferece também a opção com conexão sem fio, compatível com modelos Samsung, LG, Philips e Sony.

Easy Universal TV Remote

Como o nome já sugere, esse app é um dos mais simples. Possui grande compatibilidade, porém é necessário a conexão com rede, a cabo ou sem fio. Ele garante compatibilidade com modelos Samsung, LG, Philips, Sony, Vizio, Sharp e Panasonic.

Peel Universal Remote TV Guide

Esse app além de substituir seu controle remoto ainda indica programas similares baseado no seu histórico de programas assistidos. Porém, é compatível somente com modelos mais modernos com conexão à rede.

Específicos

TV (Samsung) Remote Control

O app da Samsung tenta simular o design característico da marca. O substituto do controle remoto funciona com qualquer aparelho Samsung, como por exemplo, tocadores BluRay. O requisito é a conexão com a internet.

LG TV Remote

É compatível com todos os dispositivos da marca fabricados a partir de 2012, funcionando com a maioria dos sistemas operacionais utilizados.

Android TV Remote

Esse app é para aqueles que possuem TV’s com sistema Android, apesar de não ser tão comum.

O que você achou desse artigo? Se gostou dessa informação, compartilhe com seus amigos e nos deixe uma avaliação!
E para mais novidades não deixe de nos seguir nas redes sociais!

O que foram as Cruzadas – Entenda já!

Como Fazer um Twitter Passo a Passo   Como Fazer

Nem sempre entender os acontecimentos históricos é simples, principalmente os diversos movimentos políticos e explorativos. Para você que deseja saber o que foram as Cruzadas, confira um resumo sobre esses conflitos medievais.

Veja também outros artigos relacionados à História.

O que foram as Cruzadas

As Cruzadas foram expedições militares à Palestina com o objetivo de por fim ao domínio islâmico sobre os cristãos em Jerusalém. Na verdade, eram uma mistura de guerra, peregrinação e penitência. Isso porque os guerreiros acreditam que seriam absolvidos de seus pecados se completassem a cruzada e libertassem os locais sagrados da Terra Santa.

O símbolo das Cruzadas era uma cruz vermelhada, bordada no mato que usavam e bandeiras. Inclusive o nome das expedições derivou-se da símbolo utilizado pelos cavaleiros. Na época dos conflitos as expedições eram conhecidas como Peregrinação e Guerra Santa.

Porém, os motivos não eram apenas religiosos. Mercadores aproveitaram os movimentos das Cruzadas para expandir negócios e abrirem novos mercados, abastecendo os exércitos durante o caminho da Europa ao Oriente. Também buscavam unificar a religião cristã ocidental e unir esforços para combater os mulçumanos, tidos pelos cristãos como infiéis.

As Cruzadas duraram quase dois séculos, tendo gerado oito expedições. Porém apenas seis delas chegaram a Jerusalém. A Quarta Cruzada mudou seu destino a fim de atacar cristãos ortodoxos de Constantinopla, por não reconhecerem a autoridade papal.  E a Quinta Cruzada desistiu do término da expedição ao encarar a pressão do inimigo ao atingir Palestina, mesmo após a conquista de alguns territórios do Egito.

Consequências

As Cruzadas impulsionaram o comério na Europa. Pois além dos mercadores terem expadido seus negócios, cavaleiros puderam montar seus próprios comércios, devido a saqueamentos realizados durante as expedições. Esse crescimento do comérico impulsionou a economia do Ocidente.

As expedições também propiciaram a troca de conhecimentos do Oriente para o Ocidente, pela influência dos saberes sarracenos.

Outra consequência é o aumento de tensões entre cristãos e muçulmanos na Idade Média, que dura até os dias de hoje, mesmo em sendo em menor escala.

As Cruzadas também impulsionaram a literatura, com textos narrativos das guerras e feitos heróicos.

Já no aspecto cultural, as Cruzadas favoreceram o desenvolvimento de um tipo de literatura voltado para as guerras e grandes feitos heroicos.

As Cruzadas

  • Primeira Cruzada (1096-1099)
  • Segunda Cruzada (1147-1149)
  • Terceira Cruzada (1189-1192)
  • Quarta Cruzada (1202-1204)
  • Quinta Cruzada (1218-1221)
  • Sexta Cruzada (1228-1229)
  • Sétima Cruzada (1248-1254)
  • Oitava Cruzada (1270-1291)

O que você achou desse artigo? Se gostou dessa informação, compartilhe com seus amigos e nos deixe uma avaliação!
E para mais novidades não deixe de nos seguir nas redes sociais!

Matriz Oposta e Matriz Transposta

Como Fazer um Ask.fm   Como Fazer

Matemática geralmente é uma dificuldade para milhares de estudantes. E, mesmo que você não seja um deles, pode ser que surja alguma dúvida em algum momento. Como, por exemplo, a classificação de matrizes. O que caracteriza uma matriz oposta? E uma matriz transposta?

Veja também outros artigos relacionados à Matemática.

Uma matriz é definida pelo seu número de linhas e colunas, m x n, sendo m representando o número de linhas e n o número de colunas.

Matriz Oposta

O sentido de oposto na matemática sugere um número que somado a outro resulte em zero. Ou seja, para tal resultado, é necessário que os valores sejam opostos, de sinais opostos. Assim também o é em matrizes. Se somada com outra matriz e gerar uma matriz nula, então é uma matriz oposta.

A matriz oposta de uma matriz A qualquer é definida como matriz -A. A matriz transposta de uma matriz qualquer é obtida através da sua multiplicação pelo valor -1, mudando assim, todos os sinais de seus elementos.

Exemplo: Dada a matriz:

Teremos que a matriz posta a A, é dada por:Para provar a veracidade, basta somar as duas matrizes e verificar se a matriz gerada é uma matriz nula. Desse modo:

Matriz Transposta

A matriz transposta é aquela que tem sua ordem trocada. Ou seja, dada uma matriz A qualquer de ordem m x n, a matriz transposta de A será representada por A ͭ de ordem n x m, com a inversão de linhas pelas colunas.

Exemplo: Dada a matriz A de ordem 3 x 2:Invertendo os elementos das linhas pelos das colunas e vice-versa, temos sua matriz transposta A ͭ de ordem 2 x 3:O que você achou desse artigo? Se gostou dessa informação, compartilhe com seus amigos e nos deixe uma avaliação!
E para mais novidades não deixe de nos seguir nas redes sociais!

IMEI auxilia na recuperação de celulares

Significado de Inclusão social   O que é, Conceito e Definição

O IMEI é um código de verificação global que todos celular possui. IMEI é sigla para International Mobile Equipment Identity (Identificação Internacional para Equipamento Móvel). É aconselhável que você saiba o número IMEI do seu aparelho, então cheque o seu código e tenha-o caso necessário

Antes de mais nada, você deve saber o que esse código serve para que as operadoras e fabricantes verifiquem as características do aparelho. Além de ser útil para solucionar casos de roubo e perda do celular.

Veja também outros artigos relacionados à Curiosidades.

Recuperação de celulares através de código IMEI

A Polícia Civial de Pernambuco, através de uma ação comandada pela Delegacia de Boa Viagem, recuperou um total de 80 celulares roubados desde o início do ano. O número é referente de março a julho.

A ação visa a apreensão de celulares roubados e furtados no Estado. A recuperação dos dispositivos foi devido a um cadastro na Secretaria de Defesa Social (SDS), serviço online de cadastro do código IMEI.

Fonte: Reprodução Rádio Jornal

Com o nome de Alerta Celular, a ferramenta está funcionando há cerca de cinco meses. Para fazer uso, o usuário deve cadastrar o seu número IMEI, que contém 15 dígitos.

A ação policial, denominada Celular Seguro, conta com a parceria das operadoras telefônicas, a fim de ratrear o aparelho roubado ou furtado.

A polícia alerta também que para que o rastreamento seja possível é necessário que o IMEI não seja bloqueado. Ou seja, em caso de furto ou roubo do seu dispositivo celular, bloqueie apenas o chip, para que haja possibilidade de apreensão do seu equipamento.

Como descobrir o IMEI

Para descobrir o seu código, você pode verificar a nota fiscal ou caixa do aparelho, assim como a impressão na bateria ou através da digitação do código *#06# no seu celular.

O que você achou desse artigo? Se gostou dessa informação, compartilhe com seus amigos e nos deixe uma avaliação!
E para mais novidades não deixe de nos seguir nas redes sociais!

Fonte: Radio Jornal

África Subsaariana – Aspectos Gerais

África Subsaariana é região que engloba os países africanos situados ao sul do deserto do Saara. A região possui clima, cultura e apectos geográficos e sociais diversos.

É a região mais pobre do mundo, segundo dados do Banco Mundial. Sendo que, dos 973,4 milhões de habitantes, apenas 37% moram em região urbana. A expectativa de vida é de apenas 58 anos e a renda per capita US$ 1.638. Comparando esses dados com os dos Estados Unidos e Brasil, respectivamente, percebe-se a grande desigualdade: a expectativa de vida é de 79 e 74 anos e a renda per capita de US$ 55,200 e US$ 11,530.

Veja também outros artigos relacionados à Geografia.

A população enfrenta diversos problemas com a pobreza, fome, sede, conflitos e doenças.

Países da África Subsaariana

Os países que constituem a África Subsaariana são:

  • África do Sul,
  • Angola,
  • Benin,
  • Botsuana,
  • Burkina Fasso,
  • Burundi,
  • Camarões,
  • Cabo Verde,
  • Chade,
  • Congo,
  • Costa do Marfim,
  • Djibuti,
  • Guiné Equatorial,
  • Eritreia,
  • Etiópia,
  • Gabão,
  • Gâmbia,
  • Gana,
  • Guiné,
  • Guiné-Bissau,
  • Ilhas Comores,
  • Lesoto,
  • Libéria,
  • Madagáscar,
  • Maláui,
  • Mali,
  • Mauritânia,
  • Maurício,
  • Moçambique,
  • Namíbia,
  • Níger,
  • Nigéria,
  • Quênia,
  • República Centro-Africana,
  • Ruanda,
  • República Democrática do Congo,
  • São Tomé e Príncipe,
  • Senegal,
  • Seychelles,
  • Serra Leoa,
  • Somália,
  • Sudão,
  • Suazilândia,
  • Tanzânia,
  • Togo,
  • Uganda,
  • Zâmbia, e,
  • Zibábue.

História

No século XIX  a região era conhecida como África Negra pelos ocidentais devido à habitação por pessoas negras. Tal termo caiu em desuso e é considerado pejorativo.

A região é considerada berço da humanidade.

Geografia

Seu terreno é estável, formado principalmente, por um grande planalto.

Possui uma área com florestas tropicais úmidas próxima ao trópico do Equador. Ao sul encontra-se a savana, maior parte da África Subsaariana, e também o deserto de Kalahari, que se estende até a costa do Oceano Atlântico.

A região sobre com a escassez de água, o que agrava a pobreza e precariedade da qualidade de vida dos habitantes.

Economia

Sua principal fonte de receita é o extrativismo, com geração de energia a partir do petróleo. A região petrolífica também é um dos principais pontos de distúrbios alimentares, corrupção, disputas políticas e declínio econômico.

Língua e Religião

Os idiomas falados na África Subsaariana são originários do Bantu, totalizando cerca de 600 línguas. Devido à influência europeia, há países que falam francês, português e inglês.

A religião predominante é a católica, porém há uma grande parcela de muçulmanos e aqueles que seguem religiões indígenas tradicionais africanas.

Aids

A África sofre com uma pandemia de Aids, que já deixou mais de uma dezena de milhões de orfãos. Fato que também prejudica a capacidade produtiva dos países. As causas principais do alto índice de contaminação são a exploração sexual e a falta de tratamento feminino, já que as mulheres são consideradas seres inferiores.

O que você achou desse artigo? Se gostou dessa informação, compartilhe com seus amigos e nos deixe uma avaliação!
E para mais novidades não deixe de nos seguir nas redes sociais!

Como resolver matriz – De ordens 1, 2 e 3

Como Fazer um Ask.fm   Como Fazer

Matemática geralmente é uma dificuldade para milhares de estudantes. E, mesmo que você não seja um deles, pode ser que surja alguma dúvida em algum momento. Como, por exemplo, como resolver matriz.

Veja também outros artigos relacionados à Matemática.

O determinante de uma matriz, também chamado de valor número por alguns estudiosos, pode ser determinado se a matriz for quadrada. Isso significa que ela precisa possuir o mesmo número de linhas e colunas.

Como uma matriz é definida pelo número de linhas e colunas, m x n (m representa o número de linhas e n o número de colunas), logo, uma matriz quadrada é do tipo n x n.

Notação 1: A notação de uma matriz são colchetes [], parênteses () ou linhas duplas ||. O conteúdo da matriz vai dentro desses argumentos.

Notação 2: O determinante de uma matriz é denotado da seguinte forma: det A = x, sendo A uma matriz quadrada qualquer e x o valor do determinante.

Como resolver matriz de ordem 1

Uma matriz de ordem 1 é aquela que possui apenas um elemento, ou seja, uma linha e uma coluna. O determinante desse tipo de matriz é o próprio número.

Exemplo: Dada a matriz A = [5], seu determinante é det A = |5| = 5.

Lembrando que as barras duplas não é módulo, ou seja, se o elemento for negativo, o determinante também o é.

Como resolver matriz de ordem 2

Uma matriz de ordem 2 possui 4 elementos no total, resultante de: duas linhas e duas colunas. O determinante desse tipo de matriz é a diferença da multiplicação da diagonal principal pela diagonal secundária.

Exemplo: Dada a matriz:

Sendo:Logo, seu determinado é dado por:

Como resolver matriz de ordem 3

Uma matriz de ordem 3 possui 9 elementos no total, resultante de: três linhas e três colunas. O determinante desse tipo de matriz é calculado pela regra de Sarrus, da seguinte forma:

Seja a matriz:1 – Repete-se as duas primeiras colunas da matriz ao lado da matriz original,criando uma matriz auxiliar para o cálculo do determinante. Veja:

Desse modo é possível perceber três colunas principais e três secundárias:

2 – O determinante será a diferença entre a soma da multiplicação dos componentes das matrizes principal e secundária. Observe:

 

O que você achou desse artigo? Se gostou dessa informação, compartilhe com seus amigos e nos deixe uma avaliação!
E para mais novidades não deixe de nos seguir nas redes sociais!

Estrutura dos vírus – Entenda a organização estrutural

Para estudantes de biologia, ter conhecimento sobre a estrutura dos vírus é essencial e pode ser determinante na hora daquela prova. Por isso iremos sanar suas dúvidas sobre essa questão.

Veja também outros artigos relacionados à Biologia.

Vírus

Os vírus são organismos acelulares. Não são visíveis a olho nu, somente em microscópios eletrônicos, medindo, geralmente, 0,2 micra. Tem natureza nucleoprotéica e são infecciosos. Os parasitas são organismos intracelulares, ou seja, são formados somente em presença de células vivas, dando lugar a mutações. O vírus induz a célula parasita a se replicar do ácido nucléico e da capa protéica.

Estrutura dos Vírus

A estrutura das partículas de vírus é evidenciada pela técnica da difração de raios-X. Outros métodos químicos e físicos também complementam o processo. A organização estrutural dos vírus possuem configurações estridimensionais, admitindo simetria cúbica, helicoidal e binária.

Um vírus é composto de ácido nucléico ( DNA ou RNA) e uma parede de proteína. Os ácidos nucléicos se localizam no interior das proteínas. Ao envoltório protéico, que protege e engloba o material genético do vírus, dá-se o nome de capsídeo, que, por sua vez, é formado pelos capsômeros. Os quais são unidades estruturais dispostas em ordem determinada e simétrica.

O nucleocapsídeo é formado pelo capasídeo com o ácido nucléico. A partícula madura do vírus é chamada de Virion, que é a presença do nucleocapsídeo ou nucleocapsídeo dentro de um invólucro. E invólucro é a membrana celular que pode envolver o capsídeo.

 

O DNA ou RNA nunca se encontram no mesmo vírus ao mesmo tempo. O DNA, material genético, é o responsável pela informação genética, como a definição já sugere.

O material genético varia nos vírus, podendo o DNA em alguns e o RNA em outros. Os vírus de plantas possuem somente RNA; os vírus de animais, DNA ou RNA; e os vírus de bactérias DNA.

Vírus mais complexos possuem em sua estrutura, além das nucleoproteínas, outros compostos como lipídeos, carboidratos, vitaminas e vestígios de metais.

O que você achou desse artigo? Se gostou dessa informação, compartilhe com seus amigos e nos deixe uma avaliação!
E para mais novidades não deixe de nos seguir nas redes sociais!

O que é Hi-Fi – Conheça a tecnologia

Como Fazer um Email no Gmail

Se você está lendo esse artigo é porque você ouviu o nome Hi-Fi e não sabe o que significa. E pra você que está se perguntando o que é Hi-Fi, o Toda Hora vai responder!

Hi-Fi é uma tecnologia para aprimoramento da qualidade do áudio em diversos dispositivos. Podendo ser caixas de som, fones de ouvido, aplificadores, entre outros do mesmo gênero. Apesar de ser uma ideia extremamente atraente para amantes de um som com qualidade, o preço pode desagradar.

Veja também outros artigos relacionados à Tecnologias.

O que é Hi-Fi

Com o intuito, principalmente, de melhorar a qualidade de faixas de músicas e discos, Hi-Fi significa Alta Fidelidade, traduzido de High Fidelity, termo de cujo Hi-Fi é sigla. O nome é totalmente sugestivo à proposta da tecnologia: de ser o mais fiel possível ao som real do áudio. Isso inclui a minimização ou, em um cenário ideal, a exclusão de ruídos e distorções.

Os aparelhos que utilizam essa tecnologia utilizam a estereofonia. A estereofonia é um sistema de reprodução de áudio com dois ou mais canais. Esse recurso também é conhecido como som estéreo. Os cientes de aparelho com tecnologia Hi-Fi prezam por toda e qualquer melhoria ao alcance para aumento de qualidade de reprodução do som, são chamados audiófilos.

Os dispositivos com esse selo reduzem ao máximo os estágios para reprodução do áudio, o que reduz as interferências que som tem na saída. Esses produtos tem preços altos.

Gravações ao vivo

Para a melhor qualidade do som, as gravações são realizadas ao vivo, fazendo uso de equipamentos especiais para captação e gravação. Também não é adicionado nenhum efeito sonoro. Outro objetivo da tecnologia é tentar captar a sensação de se ouvir música ao vivo.

Como tem alta qualidade, é possível, um usuário localizar os intrumentos no palco e distingui-los. Por essa razão, os gêneros mais comuns com essa tecnologia são música clássica, jazz e blues.

O que você achou desse artigo? Se gostou dessa informação, compartilhe com seus amigos e nos deixe uma avaliação!
E para mais novidades não deixe de nos seguir nas redes sociais!